Wednesday, July 16, 2008

Excesso de amor

Muitas destas flores são cadáveres
Como é cobarde fugir a bom fugir !
Sem dúvida alguma
Nenhum de nós tem intenção de recuar qualquer dia
O meu relógio atrasa de costume
Mas a chamada da floresta nunca atrasa
Até nova ordem
Amo você assim
Sem exigência alguma
Sem ambigüidade
Como é cobarde demitir-se qualquer dia
Para morrer de sede à beira-rio

Veja o video com Eliane Alcântara

1 comment:

rossanamotta said...

Belíssima, encantador........... bjs